sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Nossos Antepassados


Giuseppe Ghisoni e Maria Rossi Ghisoni
Na colônia Grão-Pará chegaram em 25 de junho de 1883, Giuseppe Ghizoni  e Maria Rossi Ghizoni, com os filhos:
1-Giovani Ghisoni – João
2-Luigi Ghisoni – Luiz
3-Natale Ghisoni – Natal
4-Pietro Ghisoni – Pedro
Não constam neste recenseamento nem o Francisco e nem a Ernesta, talvez porque os dois já eram casados e moravam em outra localidade, pois consta como data de nascimento de Francisco Ghizoni como sendo em 12.02.1863 e falecimento em 20.07.1929 com 66 anos de Idade. E  Ernesta Ghizoni Della Giustina também já era casada com Andréa Della Giustina  que tenho somente a data de nascimento de André como sendo 12.01.1863 então poderia ela já ser casada naquela época.
Portanto a partir de agora irei usar os números destes  conforme a seguir:
Filhos:
1-Francisco Ghizoni,  casado com Paulina Tormena Ghizoni
2-Ernesta Ghizoni,  casada com André Della Justina ou Giustina
3-João Ghizoni,  casado com Clara Heinzen Ghizoni
4-Luiz Ghisoni,  casado com Tereza Tonon Ghizoni
5-Natal Ghisoni e Domenica Bussolo  Ghisoni
6-Pedro José Ghizoni, casado com Elizia Heinzen Ghizoni

Até pouco tempo conhecíamos somente 5 filhos de Giuseppe, mas em pesquisas recentes feitas por mim, encontrei o batismo de Ângela Guisoni  batizada em 23/03/1892 e que por erro no livro de batismo de São Ludgero-SC ou de quem transcreveu,  esta constando com Giusone, por isso não encontramos antes, mas minhas tias Ana Lidia e Maria (Mariquinha) sempre questionavam que este tio teria ido para a Argentina.
Conforme erros de cartórios o sobrenome Ghisoni com “s” ganhou variações com “z” “s” e também com Guizoni com “u” e final “i também “e”, mas seus descendentes no Brasil são descendentes destes seis  casais pelo que conseguimos até a presente data. Em Pesquisas recentes encontrei Ghizzoni e Guissoni nas regiões de Varginha - MG e Porto Alegre - RS que são descendentes de outros ghizzoni, que deverá ser um capítulo a parte em breve. Quem tiver a seqüencia destas árvores favor enviar para: pedrojghizoni@gmail.com, pois esse e-mail é somente para as pesquisas que estou realizando,  ou fone: (49) 3278-5391 e 8414-1190 (Oi)  e 9946-0051 (TIm), com Sérgio José de Lima, descendente de Pedro José Ghizoni e Elizia Heinzen Ghizoni e filho de Cecilia Ghizoni de Lima e José Thomaz de Lima.
Quem puder enviar seus e-mail para contato ou outras sugestões serão bem vindas.

1-Francisco Ghizoni (*12.02.1863) (+ 20.07.1929)
Paulina Tormena Ghizoni (* ...
1-Luiz Francisco Ghizoni (*1883)
Rosa Beltrame Ghizoni
Francisco, Geraldo, João e Thereza.
2-Pedro Francisco Ghizoni (*1885)
Judite Bortolon Ghizoni
Maria Della Giustina Ghizoni
Augusto, Madalena e Olivia.

Guerino, Maria, Otília e Pascoal.
3-Rosa Ghizoni Della Giustina(*1887)
Domingos Della Giustina
Antonio, Augusto, João, Pedro, Maria, Angelina, Augusta, Elizia e Anna.
4- José Francisco Ghizoni (*1888)
Maria Della Giustina Ghizoni
Moises, Pierina, Afonso, Marculina, Vitorina, Otaviano, Celestina, Marta, Genoefa, Augusta, Paulina, Francisco José, Adelaide, Terezinha e Silvestre.
5-Celeste Francisco Ghizoni (*1890)
Maria Tramontin Ghizoni
Estevão, Duzolina, Otacilio, Nereu, Afonso, Terezinha, Ilza e Zélia Salete.
6-Tereza Ghizoni Borguesan (*1892)
Benevenuto Borguesan
Pedro, Paulina, Ana, Augusta, Luiza, Natalina, Maria, José, Basílio, Batista e Ir. Rosa.
7- Angelina Ghizoni Fabre (*1894)
Luiz Fabre
Estevão, Adelina, José Luiz, João Luiz, Ana, Abelo Luiz, Paulo Luiz, Antônio Luiz, Francisco Fernando, Ir. Maria Rosa, Daniel e Ângelo Luiz.
8-João Ghizoni (*1895)
Rosa (Brehara ou Brognara) Ghizoni
Milton, Inês, Antônio, Paulina e Angelina.
9- Ângelo Francisco Ghizoni (*1897)
Paulina Ângelo Ghizoni
Daniel, Irma, Anselmo, Irene, Ivone, Tarcísio Ângelo, Wilson, Izolete e Hildaci.
10-Maria Ghizoni Matei (*1899)
Mário Matei

11-Antônio Francisco Ghizoni (*1901)
Grandilia Gazola Ghizoni
Madalena, Ivo, Pe. Ildo, Hélio e Sérgio.
12-Anna Ghizoni Squizato (*1907)
Jacinto Squizato
José Francisco, Luiz, João, Pe. Augustinho e  Ir. Inês.






2-Ernesta Ghizoni
André Della Giustina (*12.01.1863)


1-Maria Della Giustina Volpato
Luis Volpato
Ambrósio, Clementina, André, Santa, Julio, Joana, Evaristo, Dometila, Deoconde, Agapito, Rosina, Inês.
2-Pedro André Della Giustina Barbosa
Carmosina Barbosa
Olivio, Luiz, João Pedro, Bernardo, Matias, Ângelo, Maria, Lúcia, Arminda, Olinda, Laura, Bernardina, Rosália.
3-João André Della Giustina
Maria Zomer Della Giustina
Augusto, Paulo, Santo, Antônio, Angélica.
4-Angelina Della Giustina Peron
Paulo Peron
Matias, Antônio, Luiz, Maria, Olivia, Regina, Joana, Raquel, Carlos, José, Margarida.
5-Catarina Della Giustina Buss
Antônio Marcos Buss
Leopoldo, Luiz, Ambrósio, André, Guilherme, Rodolfo.
6-Rosa Della Giustina Stapassol
Frederico Stapassol
Agostinho, Estevo,
7-Augusta Della Giustina Tison
João Tison
Silvio, Ernesto, Ângelo, Domingos.
8-Elisa Della Giustina Stapassol
Martin Stapassol
João, Antônio
9-José André Della Giustina(Bepe)
Dotina Constantina da Silva Della Giustina
Gregório, Felicia.
10-Regina

11-Thereza Della Giustina Rodrigues
Hortalino Rodrigues (Boião)
Gregório Squizatto


Dozolina, Domingos, Pedro, Angelina, Matilde e Ir. Rosa.








3-João Ghizoni
Clara Heinzen Ghizoni

Filhos
Netos
1-José Ghizoni
Maria Flor Ghizoni
Joaquim,  Antonio, Maria Lucia, Nena, Clara, Apolonia e Vendelina.
2-Francisco Ghizoni
Vitória Bussolo Ghizoni


3-Romualdo Ghizoni
Felisbina......

4-Luiz João Ghizoni Sobrinho
Natalina Pizoni

Marcos, Otávio, Cenilo, Domingos, Alécio, Orlandino, Marta, Adelina, Justina, Maria, Agustinho e Leondina.
5-Gregório João Ghizoni
Maria de Campos Ghizoni
Moisés, Celeste, Agostinho, Jacó, João, Augusta,  Eugênio,  José, Wenceslau, Rosa e Otília de Fátima.
6-Tiago Ghizoni
Aquilina Longo Ghizoni
João Tiago, Gilio(Gildo) Genesio, Jovelino, Gercino, Gelindro, Irma, Agenor, Geraldo, José, Maria Gorete, Rosalino e Clésio.
7-Pedro Ghizoni
Tereza Stopassoli

8-Antonio Ghizoni
Leocádia Betti Ghizoni
Aniceto, Maria, Catarina, Marta, Martim, Leondrina, Inedina, Joaquina, Albertina e Valdina.
9-Rosa Ghizoni Pizoni
Luiz Pizoni

10-Amélia Ghizoni Lotin
Alberto Lotin

11-Aneta Ghizoni (Machado ou Batista)
José Simeão (Machado ou Batista)

12- Augusta Ghizoni
Antônio Rinaldi









4-Luiz Ghizoni (*22.05.1875 + 04.07.1968)
Tereza Maria Tonon Ghizoni ( * 15.10.1885 + 24.05.1955)
Filhos
Netos
1-Jacó Ghizoni
Maria Cardoso Ghizoni
Basilio, Nini, Terezinha, Odicia, Célio, Altair, Luiz Carlos e Jaime.
2-Otilia Ghizoni
Germano
Não tiveram filhos
3-Maria Ghizoni Kindermann
Lucas Kindermann
Helena, José, Walmor, Luiz, Isabel, Adolfo, Elias, Maria Tereza,Norberto, Maria Isabel, Bernadete, Juliana, Geraldo, Jorge.
4-Basílio Ghizoni
*1910 + 1926
5-Paulino Ghizoni

6-José Ghizoni
Maria de Lurdes Ghizoni
Roberto, Maria Regina, Renato, Vera, Maria da Graça, Rute.
7-Waldomiro Ghizoni
Maria Corrêa Bitencourt
Suzana
8-Celestina Ghizoni
Tornou-se Ir. Flávia
9-Rosália Ghizoni
Solteira
10-Lúcia Ghizoni
Euclides Pereira
Terezinha, Flávio, José Luiz, Walter, Mirian, Francimar.
11-Raimundo Ghizoni
Pe. Religioso.







5-Natal Ghizoni (*....
Domenica Bussolo Ghizoni (*.
1-Angela Ghizoni (*23/03/1892)



























6-Pedro José Ghizoni ( *26.04.1880 + 13.09.1954)
Elizia Heinzen Ghizoni ( *12.08.1883 + 27.07.1951)
1-José Pedro Ghizoni
Lorena Rodrigues Ghizoni
Pedro Amilton, Paulo David, Ana Marina, Pio Miguel, Terezinha Nair.
2-Estanislau Pedro Ghizoni
Inácia Melquiades Ghizoni

2º Casamento
.........
Carlos, Ana Maria, Tiago, Luiz Gonzaga, Elizia, Inês, Irene, Santina.


Cecília, Edson??
3-Marina Ghizoni Michels
Fredolino João Michels
Augusto Alves (Não tiveram filhos)
José Teobaldo, Teodista, Dilza, Pedro Genebaldo,  Celso, Maria,  José,  Jaime, Carlos, Pedro.
4-Paulina Angelo Ghizoni
Ângelo Francisco Ghizoni
Daniel,  Irma,  Anselmo, Irene, Ivone, Tarcísio Ângelo, Wilson, Izolete, Hildaci.
5-Maria Ghizoni Rodrigues
José Ezirio Rodrigues
Emidio,  Julita, Assis,  Pedro, Paulo,  Rosa, Julieta, Daniel, Teobaldina, Dulce, Elizia, Lúcia.
6-Verônica Ghizoni de Melo
João Manoel de Melo
Ir. Zelita, Maria, Celito José, João Célio, Maria Elizabet, Zita Lucia.
7-Bernadete Ghizoni de Andrade
Francisco Elias de Andrade
Maria Selma, Isaí, Francisco, Maria Zélia, Daniel, Maria Celézia, Maria Terezinha, Maria das Graças, Maria Lorena, Elias, Pedro, Maria Aparecida, José, Maria de Fátima e Maria Gorete (Gêmeas).
8-Clara Ghizoni de Bona Sartor
Irio de Bona Sartor
Pedro,  João, Elói, Rita, Elizia, José, Vilson.
9-Ana Lidia Ghizoni da Silva
Elizeu Jacinto da Silva
Gilberto, Geni, Neli, Rita, Norberto, Ana Maria.
10-Antônio Pedro Ghizoni
Olivia Lorenzetti Ghizoni
Genevaldo, Luiz, Afonso, Lidia, Pedro, Nereu, Ângelo, Antônio Donizeti, Jair, Lenir, Lenita Terezinha, Leci, José Juscelino.
11-Cecilia Ghizoni de Lima
José Thomás de Lima
Olivério José, Pedro José, Genoveva, Helenita Maria, Linete Maria, Sérgio José.
12-Maria Adelina Ghizoni Lorenzetti
Natalino Lorenzetti
Maria das Graças, Margarida, Irene, Salete, Eva, Valisio, Celézia Maria, Zélia.
13-Miguel Pedro Ghizoni

Paula Pedroso Ghizoni
José, Tadeu Geraldo, Antônio Agostinho, Rita de Cássia, Maria Inês, Elizia de Fátima, Elizabeth.



sábado, 21 de janeiro de 2012

Padres da Familia Ghizoni


Missionários da Consolata - Site Oficial :: Padre Augustinho Squizzato
1930-2004)
A vida do p. Augustinho Squizzato foi realmente variada na forma e no movimento, além de
surpreendente em termos das opções e recusas que fez – sempre à procura de saídas que, por
outro lado se alternaram e se superaram umas às outras. Os seus primeiros anos de sacerdócio e
de formação de seminarista logo no-lo revelaram como missionário de boas qualidades, mas
sempre na altura de mudar de direcção: da paróquia para o seminário, do seminário para o serviço
nos hospitais, e depois para a gestão do Noviciado. Também chegou a ser superior regional do
Brasil durante três anos, seguidos por outro período fora do Instituto e, depois, de nove anos de
trabalho nas missões de Moçambique.
Notas Biográficas
«Augustinho Squizzato, filho de Jacinto e Ana Ghisoni, nasceu a 13 de Agosto de 1930 em Urubici,
concelho de Bom Retiro, no Estado de Santa Catarina (Brasil). Entrou para o Seminário de São
Francisco Xavier, Rio do Oeste (SC), em 9 de Fevereiro de 1942, tendo aí frequentado o Básico e o
Secundário. Em Março de 1947 passou para o Seminário Maior de Santa Teresinha do Menino
Jesus em São Manuel (SP) onde cumpriu os três anos de filosofia. A 4 de Março de 1950 entrou
para o Noviciado de Sorocaba (SP) sob a direcção do padre mestre Ottavio Occelli. A 15 de Março
de 1951 fez a profissão temporária; a 5 de Março fez a profissão perpétua. A 8 de Dezembro de
1954, altura do Ano Mariano, foi ordenado sacerdote por S. E. Rev.ma Dom Henrique Golland
Trindade, arcebispo de Botucatú.
Depois da ordenação seguiu para o seminário filosófico e teológico de São Manuel como assistente
(1955-1959). Foi coadjutor do pároco na paróquia de Nossa Senhora da Consolata no Rio de
Janeiro (1961-1964); foi capelão militar no Hospital Central do Exército (H.C.E.) no Rio de Janeiro
(1961-1964); foi director do seminário e pároco de Nossa Senhora da Salette em Erexim
(1964-1965); foi director do seminário e pároco de Nossa Senhora da Consolata em Rio do Oeste
(1965-1966); e uma vez mais capelão militar do H.C.E. e coadjutor do pároco em Nossa Senhora
da Consolata do Rio de Janeiro, bem como encarregado da pastoral e actividades várias. Entre
1970 e 1973 foi superior regional do Brasil e, depois, director do seminário de Erexim. Foi fazer um
curso em Roma e, a seguir, retomou a função de pároco de Nossa Senhora da Consolata em
Brasília (1976-1977); foi mestre de noviços em Aparecida de São Manuel (1977-1978) e pároco de
São Manuel (1978-1981). Entre Fevereiro de 1981 e Dezembro de 1988 esteve fora da comunidade
do IMC.
Voltando à casa regional, dedicou-se ao estudo e ao ministério. A seguir foi destinado às missões
de Moçambique onde trabalhou nove anos. Em 1977, depois de sofrer um acidente automobilístico
que resultou em lesão cerebral, foi constrangido a uma série de tratamentos na Itália e, depois, no
Brasil. Atingido pela doença de Parkinson, o padre Augustinho passou os seus últimos quatro anos
de vida na casa regional de São Paulo. Depois, sofreu uma queda, vindo a falecer a 25 de Janeiro
de 2004.
As exéquias foram celebradas pelo superior regional, o p. Michelangelo Piovano, na paróquia da
Consolata, tendo participado numerosos missionários e missionárias da Consolata e vários amigos
seus. Os seus restos mortais repousam no cemitério “Chora Menino” de São Paulo, no jazigo do
Instituto. O p. Augustinho tinha 73 nos de idade, 53 de profissão religiosa e 49 de sacerdócio.
P. Michelangelo Piovano – P. Jordão Maria Pessatti
Pessoa de fé simples e profunda
Vim a conhecer o p. Augustinho em Moçambique no ano de 1994, quando fui nomeado seu
coadjutor na Paróquia da Sagrada Família de Machava.
Apesar dos poucos meses que passámos juntos, pude descobrir nele uma pessoa duramente
testada pela vida, mas, ao mesmo tempo, uma pessoa de fé simples e profunda.
Pessoa estudiosa, preocupava-se com a preparação das suas intervenções até ao mínimo
pormenor para poder apresentar aos cristãos uma visão simples e clara da vida cristã até ao ponto
de se tornar vítima do perfeccionismo.
Foram dignos de nota os anos que passou na Machava devido ao seu trabalho entre os
catequistas, a quem dedicava o seu tempo e as suas energias na “Legio Mariae”,
acompanhando-os com a sua presença e acção formativa. Foi vítima dum acidente em Lichinga,
que enfraqueceu ainda mais a sua fraca saúde; depois duma intervenção cirúrgica que sofreu em
Turim, e depois de cumprido um período de convalescença, voltou de novo à Machava – acabando
por se ver obrigado a regressar para o Brasil passados alguns meses. Aí terminou a sua vida
terrena devido a complicações de saúde já mencionadas. Com a sua morte lá se foi mais um
companheiro de viagem que encontrei pelo caminho da missão. Que descanse em paz.
P. Gianfranco Graziola  Não tenho fotos do Pe. Augustinho Squizatto, se alguém tiver favor enviar para: limsergio@gmail.com


Outros Padres da Familia Ghizoni

 Pe. Raimundo Ghizoni
 Pe. Ildo Ghizoni
 Pe. Geraldo Ascari
 Pe. Elcio Alberton
Pe. Ângelo Manoel da Cruz

domingo, 8 de janeiro de 2012

Você sabia que a Ducha ThermoSystem é invenção de um Ghizoni?



A história da ThermoSystem teve inicio em 1989, quando o engenheiro eletricista Francimar Ghizoni Pereira utilizou sua criatividade para resolver um problema doméstico. Tudo começou porque sua filha Luisa não gostava de tomar banho no verão. O motivo? A pouca altura entre a caixa d’água e o chuveiro gerava uma pressão muito baixa e fazia com que a água esquentasse demais - o que dava fundamento às reclamações da pequena menina.

Como todo pai preocupado, Francimar logo tratou de procurar uma solução para o problema colocando em prática os conhecimentos adquiridos na faculdade de engenharia elétrica. Em apenas 30 dias, ele construiu e instalou no banheiro de sua casa um protótipo de regulador eletrônico. Com o aparelho, bastava girar um botão para controlar com precisão a temperatura da água. O invento resolveu a questão e terminou com o choro da filha na hora do banho.

O sucesso do primeiro protótipo levou o inventor a produzir mais 30 peças que foram distribuídas entre seus amigos, para que eles testassem o aparelho. Essas peças já contavam com a haste de controle, outra invenção criada para a menina Luiza, que permitia a ela utilizar o aparelho criado pelo pai. O regulador agradou a todos e Francimar, com a ajuda do irmão, abriu uma empresa para comercializar o produto. A primeira fábrica funcionava numa garagem no fundo do quintal e em um ano foram instaladas mais de 350 unidades da invenção.

Além de controlar a temperatura da água de maneira eficiente, o produto também economizava energia. Entretanto, para chegar a essa conclusão, Francimar precisou fazer um pequeno estudo. Sem equipamentos adequados para medir as quantidades de energia consumida, ele começou a observar o relógio de luz enquanto a família tomava banho. Depois, analisando as faturas, verificou que em um ano havia economizado 20% no consumo de energia elétrica.

Em pouco tempo, a invenção despertou o interesse do Grupo Botega, renomado em Santa Catarina por sua atuação no segmento de materiais e projetos elétricos e sob a liderança do Sr. José Antonio Botega. Dessa união, nascia a Botega Eletrônica. Com o investimento e experiência do grupo em gestão, manufatura e comercialização, o regulador foi colocado em massa no mercado e novamente foi um sucesso, por se tratar de algo que oferecia um novo benefício a um produto extremamente difundido no país.

Com o sucesso do regulador eletrônico, a empresa identificou uma nova oportunidade – por que não transformar o acessório para chuveiros em um chuveiro com regulagem eletrônica de temperatura? Foi assim que após muitos anos de trabalho duro e dedicação ao desenvolvimento do novo produto nasceu a Ducha Eletrônica ThermoSystem, o produto de maior sucesso da empresa até os dias de hoje.

Sucesso que se traduz em vendas e prêmios conquistados, entre eles o Certificado de Mérito Empresarial em Gestão de Design (1998), Prêmio Talentos Empreendedores e II Prêmio Finep de Inovação e Tecnologia (1999), Prêmio Vilson Kleinübing de Conservação de Energia Elétrica (2001) e Prêmio SESI / Premio CNI.

Ainda hoje, a Ducha Eletrônica ThermoSystem é a única no mercado que apresenta laudo técnico, atestando 34% de economia de energia e 53% de água em média ao ano em relação às duchas com 3 temperaturas. Hoje, Francimar acredita que a Ducha fez sucesso porque conseguiu atender ao gosto individual de cada pessoa na hora do banho. Cada pessoa tem um gosto e uma sensibilidade de pele. E a Ducha Eletrônica ThermoSystem permite que cada um escolha a sua temperatura ideal.

Foi por conta da grande popularidade obtida pela Ducha Eletrônica ThermoSystem que, em 2009, a Botega Eletrônica passou a chamar-se ThermoSystem Indústria Eletro Eletrônica Ltda. Segundo Luiz Antonio Botega, diretor comercial da empresa, a mudança da marca teve como objetivo consolidar a identidade junto aos consumidores e construir uma marca ainda mais forte no mercado.

Hoje, a marca ThermoSystem é um nome presente na memória do público, principalmente no sul do país onde a variação de temperatura é mais intensa. A empresa conta com um mix variado de produtos para controlar a temperatura da água, que inclui duchas multitemperaturas, eletrônicas e digitais, além de aquecedores solares, bebedouros e purificadores eletrônicos de água e uma torneira eletrônica.

A história da empresa, nesses mais de 20 anos, é marcada pelo pioneirismo, determinação e inovação: foi a primeira empresa do Brasil a disponibilizar uma ducha eletrônica, a primeira a lançar uma ducha com oito regulagens de temperatura, a primeira a lançar uma ducha digital totalmente operada por controle remoto e lançou a primeira torneira eletrônica do país.

A inovação é a identidade da empresa, é um compromisso assumido pela ThermoSystem com seus consumidores. Por isso, uma equipe multidisciplinar de profissionais, busca incessantemente desenvolver e aprimorar seus produtos, cada vez agregando novos benefícios e novas tecnologias, proporcionando assim, uma vida na temperatura certa.
Na Foto: Sérgio José de Lima e Francimar Ghizoni Pereira na Festa dos Ghizoni em Grão Pará.

sábado, 26 de novembro de 2011

Festa Familia Ghizoni

Olá desde o início do nosso contato sobre a festa dos Ghizoni, já estamos falando que Verê – Pr.,  é uma cidade Turística. As Águas do Verê são de beleza fantástica, e que Você poderá conhecer e se deliciar durante as festas. Para conhecer melhor o local que estamos oferecendo acesse a página: http://www.aguasdovere.com.br/
Além do dia da festa a  equipe está organizando um super passeio por outros pontos turísticos da região, tudo isso incluso na única taxa do almoço do dia da festa que não será maior do que R$ 25,00 por pessoa (excluso bebida).

Mas para que isso seja possível precisamos da sua colaboração  e ajuda para o seguinte: (no prazo de máximo até 30 de dezembro 2011).

Como lhes disse, Verê é uma cidade turística, a festa poderá será realizada nas dependências da Estância Hidrotermal Verê, mas para isso precisamos garantir um número mínimo de 45 pessoas  que fiquem hospedados no Hotel Resort entre os dias 07 e 10 de junho de 2012.

Pacote de hospedagem 07 a 10 de junho de 2012
Hotel Resort
Apartamento Stand
Duplo - R$ 930,00
Triplo - R$ 1.170,00
Apartamento Luxo
Duplo- R$ 1.125,00
Triplo- R$ 1.395,00
Hotel das Fontes(Antigo Hotel)
Duplo- R$ 840,00
Triplo- R$ 1.080,00
Quádruplo- R$ 1.160,00
OBS: Incluso almoço do dia 09/06, dia da confraternização.
Programação especial durante o período:
Recreação adulto/infantil, bailes, passeios, hidroginástica, jogos de futebol, vôlei,
torneio de boliche, etc...
Almoço dia 09 de junho de 2012.
Cardápio: 04 tipos de carne(porco,gado,frango,carneiro), 02 tipos de massas, 02 tipos de arroz,batata,mandioca,farofas,etc..15 tipos de saladas,04 tipos de sobremesa.
OBS:os Hóspedes do hotel não pagam a taxa de almoço.


A reserva precisa ser feita no hotel até o dia 30 de dezembro de 2011, informando que é um dos participantes da "FESTA DA FAMILIA GHIZONI" do contrário o espaço será locado para outro grupo. O endereço para reserva é:  Fone: 46 | 3535.1385 e 3535.2135 | aguasdovere@vere.com.br

Além desta programação, oferecida pelo hotel, os parentes (equipe organizadora) estão oferecendo passeio por outros pontos turísticos na sexta feira que antecede a festa. Para aqueles que preferirem se hospedar em outros hotéis, não há necessidade de reserva antecipada e vamos informar oportunamente os valores. Podemos adiantar que bons hotéis existem sim, em todo o caso os valores para os três dias são basicamente iguais aos valores do hotel das termas.
As refeições que antecedem ao dia da festa poderão  ser feitas na casa dos parentes, e muitos poderão também se hospedar em casa de parentes. Mas para que o sucesso da festa aconteça precisamos da sua ajuda para garantir 45 hospedagens no hotel Resort até a data que apresentamos. Divulgue e ajude fazer acontecer. Na medida em que fizer a reserva junto ao hotel, por favor me comunique por este email.

DOIS LEMBRETES  IMPORTANTES
     Atenção em 2012 faz 61 anos que a primeira pessoa de sobrenome Ghizoni entrou no Paraná. Vocês saberão quem é a pessoa a qual será também homenageada na sexta feira véspera da festa.  
    No dia da festa vamos comemorar 50 anos de matrimônio de dois casais descendentes dos  Ghizoni  que se casaram em Dois Vizinhos – PR no ano de 1962.

"Motivos não faltam,só falta você"

“2012 – Verê é dos Ghizoni”